SAC LOJAS: (12) 3925-2627 | SAC E-COMMERCE: (12) 3932-1455

Sapatos Peep Toe: você conhece a história?

sapatos peep toe

Famosos pela abertura característica na ponta frontal, que deixa parte dos dedos à mostra, os sapatos Peep Toe dão um toque de sensualidade ao look de qualquer mulher.

Conhecidos também pela versatilidade, já que caem bem em ocasiões que vão desde o ambiente de trabalho até a balada, os Peep Toe também combinam com um jantar casual ou até mesmo com os compromissos do dia a dia. As combinações com roupas são variadas, permitindo desde o jeans mais básico até os vestidos estruturados e calças de alfaiataria.

Queridinhos das mulheres, eles são calçados clássicos e agradam anônimas e famosas ao redor do mundo. Além disso, possuem uma trajetória na indústria da moda que já dura muitas décadas, acompanhando também a evolução da participação da mulher na sociedade.

Mas, você conhece a história do Peep Toe?

A trajetória dos sapatos Peep Toe

Hoje em dia, ao entrarmos em uma sapataria ou acessarmos o site ou as redes sociais de uma loja de calçados, nos deparamos com uma infinidade de modelos de sapatos, produzidos com os mais diversos materiais e nas mais diversas cores. Mas, nem sempre tivemos tantas opções assim.

Alguns sapatos surgiram em condições não muito favoráveis, como no período entre as grandes guerras. No dia a dia de trabalho nas fábricas, as mulheres usavam modelos semelhantes aos calçados masculinos: como quase todo o couro disponível na época havia sido usado para o esforço de guerra, restaram apenas materiais como tecidos, madeira, ráfia, cortiça e couro de cobra. Não haviam outras opções.

Por outro lado, o período entre as duas grandes guerras também marca a entrada da mulher no mercado de trabalho, e é impossível falarmos em sapatos femininos sem considerar essa evolução. Nesse contexto, alguns modelos podem ser considerados um símbolo da vida social e da independência feminina. Um desses modelos emblemáticos é, sem dúvidas, o Peep Toe.

A tradução da sensualidade nos pés

No início do século XX, não era permitido às mulheres mostrar os pés. Os sapatos eram sempre funcionais, em cores escuras e meramente um item da vestimenta. Sendo assim, o modelo Peep Toe foi, e até hoje é, considerado sensual por deixar a ponta dos dedos à mostra. Não por acaso, o seu nome em inglês significa “começar a aparecer” (peep) o “dedo do pé” (toe).

Há muitas dúvidas sobre a época em que esse modelo realmente surgiu. Algumas versões afirmam que ele foi criado nos anos 1930, provavelmente nos Estados Unidos. Mas, a versão mais aceita é a de que surgiram na década seguinte, logo após a Segunda Guerra Mundial.

O que se sabe com certeza é que, quando criados, os sapatos Peep Toe cairam no gosto de celebridades do cinema mundial. Eles viraram sinônimo de sensualidade nos pés das icônicas pin ups (modelos sensuais) da época – tanto as ilustradas quanto as mulheres de carne e osso adeptas do estilo – e atravessaram gerações.

Queridinho das famosas

Na época em que os sapatos Peep Toe surgiram, as pessoas se deixavam inspirar pelas artes, em especial pelo cinema, como uma forma de escapar dos tempos austeros e das recordações sombrias da guerra. As estrelas serviam de inspiração e ditavam tendências. Uma das primeiras adeptas do modelo foi a diva Marlene Dietrich. Depois, pin ups famosas, entre elas a eterna Marilyn Monroe, também aderiram ao calçado, ligando para sempre o sapato a esse estilo de se vestir.

No entanto, a lista de artistas e celebridades que usam o Peep Toe não para nos anos 40 e 50. Ela inclui divas atuais como Angelina Jolie e a modelo brasileira Gisele Bundchen. Nos tapetes vermelhos de premiações como o Oscar e o Grammy, os sapatos Peep Toe já apareceram nos pés de estrelas como Taylor Swift, Mila Kunis e Megan Fox.

No Brasil, Bruna Marquezine, Angélica, Marina Ruy Barbosa e Mariana Rios estão entre as celebridades que já aderiram ao sapato.

Rei das combinações

As combinações com esse modelo são infinitas e há uma variedade de formas de inserir o Peep Toe na hora de montar a produção. Ele vai bem em diferentes ocasiões, podendo ser usado com quase todas as peças que você tem no armário, em diferentes estações. Além disso, seja de dia ou à noite, os sapatos Peep Toe conseguem transformar até os looks mais simples em algo elegante.

Você deve evitar, no entanto, usá-lo com peças muito largas, como calças pantalonas: esse tipo de modelagem não combina com o sapato e ainda deixa pouca visibilidade para a parte frontal do Peep Toe, justamente a abertura que o diferencia de outros modelos. Peças como vestidos shorts e saias caem bem com a natureza mais feminina desse sapato, formando uma combinação perfeita em que é difícil errar.

E o melhor de tudo: para alegria das mais inseguras, o modelo fica bem em mulheres de diferentes tipos físicos. Tanto as mais baixinhas como as altas podem investir nele.

Estampas que trazem variedade

Uma forma de variar a peça no dia a dia é investir em modelos de sapatos Peep Toe com estampas, detalhes e cores vivas. Laços, brilhos e pedraria podem deixar o calçado com um toque mais sofisticado e elegante. Os tipos de Peep Toe também podem variar de acordo com o salto, tornando o sapato ainda mais democrático: há opções com salto fino e meia pata, salto grosso, anabela e tipo rasteirinho.

Os calçados mais baixos podem ser usados especialmente no dia a dia e em eventos mais informais. Para eventos mais sofisticados, prefira os sapatos Peep Toe com traços mais elegantes, como salto alto e fino, em materiais mais nobres e tons acetinados.

Que tal o nosso post sobre o modelo Peep Toe? Agora que você já sabe tudo sobre esse sapato clássico, desde a sua história até o significado do nome, pode combiná-lo em suas produções, da forma que melhor se encaixar ao seu estilo!

Se você ainda tem dúvidas sobre os sapatos Peep Toe e deseja conhecer mais sobre esse e outros calçados, entre em contato com a gente. Vamos adorar ajudar você!

Post Relacionado

Deixe seu comentário