SAC LOJAS: (12) 3925-2627 | SAC E-COMMERCE: (12) 3932-1455

Sapato machucando os pés? 10 truques para deixá-los mais confortáveis

sapato

Nada mais desconfortável do que aquele seu sapato que, embora seja maravilhoso, toda vez que você calça incomoda ao andar e até mesmo machuca os pés. Calos, bolhas, dores e outros tipos de problemas são terríveis e podem aparecer.

Certamente dentro do seu armário existem alguns pares de sapatos que são maravilhosos, mas que na hora de calçar se mostram bem desconfortáveis. Você não precisa se desfazer deles, mesmo com o desconforto que causam.

Nem todo sapato é perfeito para os pés de cada pessoa. Para evitar um sapato machucando os pés, trouxemos hoje algumas dicas! Continue a leitura e aprenda mais sobre o assunto.

1. Use meias grossas e um secador de cabelo

Para sapatos apertados, essa dica é bem interessante. Você só precisará das meias mais grossas que tiver e de um secador de cabelo.

Calce as meias e, em seguida, os seus sapatos. Ligue o secador e deixe que o jato quente faça o trabalho dele. O calor ajudará a amaciar os sapatos, enquanto as meias protegem os seus pés da quentura.

2. Coloque protetores de calcanhar

Para quem sofre constantemente com bolhas e calos nos calcanhares (sapatilhas são as campeãs em causar esse tipo de problema), a melhor solução são os protetores de calcanhar.

Eles são feitos de gel (ou tiras de silicone), e colocados diretamente no seu sapato, para moldar-se ao formato dos pés.

Além de resguardar seus calcanhares, os protetores deixarão os pés mais estabilizados dentro do sapato, evitando aquela sensação escorregadia e a fricção.

3. Compre palmilhas para a sola do pé

Não só as extremidades dos pés sofrem com o desconforto. Para problemas referentes à sola do pé, o ideal é usar uma boa palmilha. Elas protegem o seu pé como um todo, absorvendo melhor o impacto e distribuindo os pontos de pressão.

Isso é ótimo para quem passa muito tempo em pé ou precisa se deslocar bastante com um sapato desconfortável.

Também existem as chamadas “meia-palmilha”, para as mulheres que sentem incômodo em partes específicas dos pés. A proteção extra deixará os calçados mais confortáveis, permitindo que os pés relaxem.

4. Passe desodorante nas extremidades dos pés

O bom e conhecido desodorante tipo roll-on pode ter funções que você nem imagina. Uma delas é ajudar a calçar os sapatos mais apertados e difíceis de entrar. Passe uma camada de desodorante nos calcanhares, acima dos dedos e outras extremidades.

O efeito é a proteção contra o atrito dos pés com o calçado. Além disso, o desodorante também ajuda a tratar as bolhas consequentes do aperto do sapato.

5. Use um separador de dedos

Se os dedos ficam muito coladinhos, até mesmo um por cima do outro dentro de um algum sapato (os saltos ou calçados de bico mais fino são os que mais provocam o contratempo), um separador será a solução.

Eles são pequenos, feitos em gel e silicone, e são ideais para quem tem problemas nos dedos. Os separadores servem também para bolhas, calos e joanetes, e por isso são recomendados por ortopedistas.

6. Adote os talcos que protegem

Com a função parecida à do desodorante, o talco pode ser o seu novo melhor amigo na hora de enfrentar os sapatos apertados. Para aliviar o atrito da pele com o tecido do sapato, você pode passar uma camada generosa de talco em todo o seu pé. Espalhe bem, imediatamente antes de calçar os sapatos.

Essa aplicação pode ser feita com o talco em pó ou em creme. Além de proteger os seus pés contra o atrito, cumprirá a função de afastar maus odores como o chulé.

7. Coloque tecidos adesivos

Para calçados mais abertos, como as sandálias, a proteção dos pés precisa ser discreta e não é esteticamente interessante que fique à mostra. Para resolver o problema, você pode comprar tecido adesivo em papelarias e colar no interior do sapato.

No caso das sandálias, cole especificamente naquelas tiras que costumam machucar mais os seus pés.

8. Mantenha os pés sequinhos

Em hipótese alguma calce os sapatos com os pés molhados. A umidade pode piorar o atrito e dificultar o deslizamento. Além do mais, pode facilitar o aparecimento de fungos e bactérias.

Certifique-se de enxugar bem os pés antes de calçar qualquer tipo de sapato.

Se os seus pés transpiram demais normalmente, é válido buscar um tratamento específico. Alguns produtos podem aliviar a sudorese excessiva, como um desodorante especialmente feito para os pés.

Evite também usar o mesmo sapato ao longo de vários dias seguidos, pois é importante que ele esteja seco para usar novamente. Se você for vestir meias, prefira as de algodão. Tecidos sintéticos não deixam os pés respirarem adequadamente.

9. Use uma lixa contra sapatos escorregadios

Se você precisa colocar força no caminhar para segurar os seus sapatos, certamente ao fim do dia os pés estarão massacrados. Uma boa dica para evitar esse problema é usar uma lixa.

Lixe um pouco as solas dos seus sapatos, dessa forma evitará quedas e desconfortos.

10. Adote os curativos para proteger

O bom e velho esparadrapo ou curativo adesivo pode ser incrível para evitar ferimentos nos pés. Não devemos nos esquecer de colocar antes de sair e, ocasionalmente, de levar na bolsa. Antes dos calos e bolhas aparecerem, se você já identifica esse problema em algum dos seus calçados, o uso é bastante indicado. É melhor prevenir, certo?

O esparadrapo pode também auxiliar na diminuição da tensão entre os dedos. Prenda, com ele, o terceiro e o quarto dedo do pé. E assim o nervo entre eles estará mais aliviado. Essa dica também ajuda para que a sola do calçado doa menos.

Se os seus pés já estão machucados, trate os ferimentos com cuidado. Um escalda-pés com chá verde pode ajudar na cicatrização. O chá tem propriedades anti-inflamatórias e pode aliviar as dores. Saquinhos de chá dentro do sapato também ajudam a combater o chulé.

Agora que você já pode livrar-se do incômodo de um sapato machucando os pés, vale a pena lembrar-se de mais um detalhe. Por mais que todas as nossas dicas façam efeito, é importante sempre dar preferência aos sapatos mais confortáveis. Não somente para os seus pés, mas para a saúde do seu corpo.

Para saber um pouco mais a respeito da saúde dos pés, vale a pena ver algumas ótimas dicas sobre como tratá-los melhor!

Post Relacionado