SAC LOJAS: (12) 3925-2627 | SAC E-COMMERCE: (12) 3932-1455

Como usar renda e blusa transparente com elegância? Descubra aqui!

Mulher com renda e blusa transparente

Não importa qual seja a mulher, sempre haverá em seu guarda-roupa peças com renda e transparência. E não é difícil imaginar o porquê, já que a diversidade de itens é imensa e a possibilidade de composições tanto para o dia a dia como para a noite nunca acabam. Justamente por isso, é indispensável aprender como usar renda e roupas transparentes.

Afinal, justamente essa rica variedade que pode se tornar o calcanhar de Aquiles no seu vestuário. Se você não souber valorizar o seu guarda-roupa ou usar peças que não combinem entre si, vai acabar criando visuais sem harmonia e com graves defeitos.

Para lhe ajudar com o tema, reunimos algumas dicas para você aplicar nos seus looks e garantir composições que valorize o seu bom gosto, elegância e beleza. Confira!

Camisas transparentes

Um dos visuais que tem se destacado muito é o uso de camisas transparentes e lingerie à mostra. Mas, engana-se quem pensa que a produção é vulgar, pelo contrário. Usado com sutileza, as composições do gênero dão um ar moderno e feminino ao seu estilo e podem ser usadas tanto de dia quanto de noite.

Mas, para isso existem alguns pequenos macetes, é claro. Um deles é a combinação da lingerie com a cor da roupa ou então o contraste entre ambos, por meio de tonalidades diferentes. Por exemplo: sutiã em tons escuros com camisa preta para um visual mais discreto; blusa em cores neutras e claras com sutiã colorido para um look ousado.

Evite o uso de tons beges ou cor de pele nesse tipo de combinação. Outra alternativa é o uso de regata e top cropped sob a transparência, já que ambos são mais sutis e discretos que a peça íntima e oferecem maior sustentação ao busto.

Para o trabalho, você pode compor um look com camisas transparentes, preferencialmente escuras, com saias lápis, legging de couro ou calças flare. Está liberado o uso de blazers ou casaquetos nas estações mais frias ou em ambientes mais formais.

Transparência e renda

Outro mix pelo qual você pode optar, especialmente para usar à noite, é entre a transparência e a renda. Blusas ou camisas com essa combinação ficam ótimas com jeans, shorts, saias e calças de alfaiataria.

Vestidos de comprimento mid com detalhes rendados e transparência superior, especialmente nos braços e colo, também fazem muito sucesso.

Peças de couro, com paetês, spikes e acessórios metálicos, alternados com o uso de maxicolares ou pulseirismo são uma opção para quem quer um look mais ousado.

O visual com essas peças pode ir de uma pegada rocker e boho chic até o casual chic. É excelente para eventos noturnos, nos quais você pode explorar composições diferentes do seu ambiente de trabalho. Uma dica importante: use e abuse do preto, que sempre fica maravilhoso em visuais para sair à noite.

Como usar renda com sapatos

A renda, seja em camisas ou vestidos, dá um ar completamente diferente ao seu visual. Afinal, eles conseguem fluir entre a delicadeza e a sensualidade na medida certa. Contudo, há outra peça do look que precisa ser bem pensada para garantir que haja harmonia visual: o calçado.

As rasteirinhas, alpagartas, sapatilhas e as sandálias combinam perfeitamente com um visual mais casual para um passeio em família ou a ida ao shopping, por exemplo.

Contudo, para eventos ou reunião de negócios é indispensável que você use um modelo que “quebre” a sutileza da renda ao mesmo tempo em que cria uma sensação de unidade e imponência, como os scarpins, meia pata ou peep toes.

Já para composições mais casuais, você pode ousar e unir a renda às botas de cano curto, ankle boot de salto ou ao mule. Eles dão um toque de robustez que contrasta com a delicadeza da roupa.

A escolha da cor do seu sapato também é importante para que não chame muita atenção para os seus pés e roube o destaque da renda no look.

Por isso, evite cores neon, metalizados ou dourados, especialmente em visuais monocromáticos. Dê preferência à cores complementares, tons neutros e tonalidades escuras ou fechadas, como o vinho, azul marinho, marsala e preto.

De olho no volume e nos excessos

Um dos grandes obstáculos que muitas mulheres enfrentam para usar renda e transparências é o medo que o visual se torne vulgar, especialmente porque a intenção é justamente outra: visuais elegantes e de bom gosto.

Contornar essa situação é mais fácil do que você pensa e pode ser feito por meio de alguns passos bem simples.

Ao escolher uma peça durante as compras ou mesmo entre aquelas que você já tem no seu guarda-roupa, teste antecipadamente o caimento dela no seu corpo. Isso porque roupas muito justas tendem a marcar mais a sua silhueta e chamar a atenção para o quadril, cintura e busto.

Portanto, dê preferência àquelas camisas, blusas ou vestidos mais soltinhos para que seja apenas o próprio modelo em si a atrair olhares. Além disso, procure não intercalar peças transparentes ou rendadas com decotes muito cavados ou comprimentos muito curtos. Eles são totalmente inapropriados para o ambiente de trabalho e outras situações que exijam uma maior formalidade.

Os detalhes e desenhos da renda são outras questões à parte que merecem sua atenção. Dependendo do modelo que você deseja usar, é possível que você acabe com um look muito mais volumoso do que esperava.

Por isso, fique atenta se a peça vem com cordonê, que é o contorno destacado do desenho que aumenta a percepção visual dele na roupa. Opte por modelos mais leves e sem muito relevo se quiser um efeito esteticamente mais delicado e agradável.

Tomando alguns cuidados e testando combinações no seu dia a dia, você aprenderá como usar renda e peças transparentes sem dificuldade. Isso diversificará ainda mais o seu guarda-roupa e imprimir seu estilo e personalidade em cada look, com produções elegantes e perfeitas para as mais diversas situações.

Gostou das nossas dicas? Aproveite e fique por dentro de outra tendência que além de superconfortável é a cara do verão e vai super bem com camisas transparentes: laced up flats!

Post Relacionado

Deixe seu comentário