SAC LOJAS: (12) 3925-2627 | SAC E-COMMERCE: (12) 3932-1455

Aprenda a escolher a altura do sapato de salto para você

sapato de salto

As mulheres vaidosas amam saltos altos, não é mesmo? Isso porque eles deixam o visual mais elegante e alongam a silhueta, valorizando as pernas. Seja para trabalhar ou para ir a festas e ocasiões que pedem um look mais formal ou de gala, escolher a altura do sapato de salto é uma decisão importante, que envolve muito mais do que conforto.

Afinal de contas, quando o assunto é a saúde dos pés, os saltos podem se tornar vilões. E aqueles que possuem uma elevação maior do que 7,5 cm podem prejudicar a caminhada, alterar o equilíbrio do corpo e forçar de maneira irregular a planta dos pés. Não queremos isso, certo?

Neste post, mostraremos que é possível usar modelos altos sem ter problemas nos pés, nos joelhos ou na coluna. Quer saber qual é o melhor salto para manter a elegância sem causar danos ao seu corpo? Acompanhe e descubra o modelo ideal para você.

O que devo considerar ao escolher a altura do sapato de salto?

Você deve levar em consideração o seu conforto e o tempo que ficará com os sapatos nos pés. No dia a dia, para ficar elegante no trabalho, evite ao máximo os modelos muito altos, pois seu uso a longo prazo pode causar muitos problemas. Por isso, opte por saltos médios, mais grossos ou por modelos anabela e plataforma.

Já em ocasiões especiais, você pode ousar mais. Porém, se alguma vez depois de uma festa ou evento com salto alto você ficou com os pés doloridos, cheios de bolhas e machucados, talvez seja melhor tentar outros modelos para não passar pelo mesmo martírio.

Quais os modelos mais comuns de sapatos de salto?

A seguir, listamos diversas opções disponíveis no mercado e explicamos para quais ocasiões são mais indicados.

Salto Agulha

O preferido das festas, bailes de formatura, casamentos, eventos formais e outras datas especiais. Também é considerado um campeão quando o assunto é sedução. E apesar de todo esse glamour, esse modelo é considerado o mais prejudicial à saúde.

Isso porque o salto muito alto e muito fino torna o equilíbrio do corpo difícil, forçando os joelhos e as pernas. E como o peso não é dividido igualmente em toda a planta do pé, isso causa uma pressão excessiva principalmente nos dedos, o que pode causar bolhas, calos, dores, artrose, joanete e outros problemas.

Não é fácil abrir mão da elegância que esse tipo de salto proporciona, não é verdade? Mas a boa notícia é que com moderação, não repetindo a dose muitas vezes por semana, você não precisa abrir mão nem da sofisticação, nem da saúde. A dica é reservar esse salto para aquelas ocasiões que realmente pedem maior requinte, combinado?

Meia Pata

Esse tipo de salto é uma alternativa ao salto agulha. Ele possui a parte da frente também alta, proporcionando um pouco mais de conforto. Porém, alguns modelos muito altos continuam causando uma grande inclinação do pé.

Para que o salto meia pata não tenha os mesmos efeitos de um salto agulha comum, escolha um modelo que não seja tão alto atrás, para que a parte da frente realmente compense, deixando os pés menos curvados. De qualquer forma, evite usar esse tipo de salto com muita frequência.

Salto médio e fino

É uma opção menos danosa para os pés, que ainda mantém a elegância. Muitas pessoas pensam que a elegância está no tamanho do salto, mas isso é um grande engano! O que determina a beleza e o requinte do look é o design do sapato.

Os modelos de tamanho médio – até 7,65 cm – causam menos pressão nos dedos e nos tendões, mas não são totalmente inocentes. Se forem finos, ainda vão prejudicar um pouco o equilíbrio. Por isso, seu uso recorrente deve ser evitado.

Salto Sabrina

Mais baixo, esse tipo de salto possui no máximo 6 cm de altura. É tão elegante quanto os modelos altos e ainda é um clássico, cheio de charme! Esse salto foi usado por Audrey Hepburn no figurino do filme Bonequinha de Luxo, de 1961, se tornando um ícone da moda.

Ele é perfeito para ser usado em ocasiões formais e é uma opção confortável. Se você sofre com os saltos altos depois de algumas horas – sem falar nas bolhas, calos e dores nos pés –, mas não abre mão de trabalhar de salto alto, certamente esse modelo é uma boa alternativa!

Salto quadrado

Nem vilão, nem santo. O salto mais grosso tem uma superfície maior para tocar o chão e, por isso, consegue dar mais equilíbrio na caminhada de quem usa. Porém, se for muito alto, a inclinação do pé será grande e também prejudicial, pois o peso sobrecarregará os dedos.

No entanto, se o modelo escolhido for de altura média ou baixa – com até 7 cm –, o peso do corpo será melhor distribuído, tornando o sapato uma boa opção para o dia a dia. Portanto, se você quer uma boa opção para trabalhar elegante, aposte nos saltos quadrados mais baixos!

Salto Anabela

Esse tipo de sapato possui um salto inteiriço, alto no calcanhar e que diminui gradativamente até chegar aos dedos. É um dos mais indicados, pois o peso se distribui bem em toda a planta do pé, diminuindo a pressão em determinadas partes.

Geralmente, o modelo anabela é considerado mais informal, porém pode ser confeccionado em diversos materiais e design. Alguns modelos podem ser realmente despojados e outros, inclusive, bem elegantes.

Plataforma

Para aquelas que querem ganhar uns centímetros a mais, mas não encaram um salto muito alto, eis a solução: as plataformas. Nesse modelo, o salto também é inteiro, ao longo de todo o sapato e não possui uma diferença considerável de altura entre as partes da frente e de trás. Isso faz com que o pé não sofra uma grande inclinação.

Geralmente, os calçados desse tipo possuem design despojado e são mais indicados para looks diurnos e casuais. Mas, dependendo do resultado final do look e do local de trabalho, pode ser uma opção para o expediente.

Embora os pés fiquem em sua posição natural, seu uso exige certo cuidado e treino. Como é uma plataforma, o andar deve ser feito com cautela para não ocorrer nenhuma torção.

Flatforms

Eis aqui mais um recurso para as mulheres parecerem mais altas, sem necessariamente sofrerem com um salto alto. São sapatos ou sandálias com a sola mais grossa, porém um pouco menores do que a plataforma comum.

Nesse caso, também não há inclinação do pé. E como não são muito altas, é mais fácil se equilibrar em cima delas. Tudo isso faz com seja uma das alternativas mais confortáveis. Além de todas essas vantagens, é uma grande tendência atual.

Agora que você já conhece todas as opções de altura do sapato de salto, basta identificar qual alternativa se encaixa melhor nas suas necessidades, nos tipos de roupa que você usa e no tempo que você ficará com ele nos pés. Com isso, ficará muito mais fácil decidir qual o mais indicado para cada ocasião do seu dia a dia.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe o post com as suas amigas e mostre como é fácil escolher a altura do sapato de salto!

Post Relacionado

Deixe seu comentário