SAC LOJAS: (12) 3925-2627 | SAC E-COMMERCE: (12) 3932-1455

7 dicas para escolher o sapato social masculino sem erro

dica de sapatos

Comprar calçados, como qualquer outro tipo de item do vestuário, pode levar muito mais tempo do que a gente gostaria. Ter em mente algumas dicas para escolher o sapato social masculino são uma maneira para tornar o processo mais rápido e eficiente.

Saber o que se deve levar em conta e as principais opções para cada item poupa tempo e esforço, além de garantir os melhores resultados. Confira algumas recomendações que separamos para você:

1. Garanta o conforto

A primeira preocupação que você deve ter é a de assegurar-se de que os sapatos ficarão sob medida, sem machucar os seus pés ou causar algum tipo de dor ou desconforto. Para garantir isso, são necessárias algumas providências que, por mais que possam ser velhas conhecidas, acabamos deixando de lado quando não nos planejamos.

O ideal é comprar sapatos mais para o fim do tarde ou noite, quando os pés costumam estar maiores do que pela manhã, devido ao esforço que fazemos ao longo do dia. Esse “inchaço” é absolutamente normal e acontece com todo mundo. Tomar essa medida vai evitar que o sapato que ficou confortável pela manhã vá se tornando apertado à medida que os pés ganham volume.

Se você só tiver tempo de comprar pela manhã, dê uma pequena caminhada pelo shopping ou pelas vizinhanças da loja antes de entrar para experimentar os sapatos. Andar vai fazer com que seus pés inchem um pouco, diminuindo a possibilidade de erro.

Outra preocupação importante é a de estar vestindo as meias adequadas ao tipo de sapato que você pretende comprar. Não adianta experimentar um sapato social com, por exemplo, soquetes grossas, apropriadas para sapatos esportivos. Essa diferença de espessura vai influenciar o resultado final no seu pé.

Não se esqueça de experimentar os dois pés: há diferenças de tamanho ente eles e o número que deu certo para o direito pode, por exemplo, ficar apertado no esquerdo. Escolha uma numeração que fique confortável para os dois.

2. Atente-se no estilo

Existem vários modelos de sapato social masculino. Tudo começa com os oxford, o modelo mais formal e chique de todos. Totalmente costurados e de bico arredondado, os oxford não têm abas e funcionam bem com todo tipo de roupa social e eventualmente até com visuais mais ousados.

Outro modelo famoso é o derby, que tem cadarços, bico mais quadrado, abas na altura do cadarço, mas sem divisória na ponta. Muito indicado para quem tem o peito do pé alto. Há também alternativas como o brogue (uma variedade do oxford com furinhos nas pontas ou nas laterais), o loafer (sem cadarço ou fivela, com faixa de couro no peito do pé) e muitos outros.

A melhor maneira de escolher entre esses diversos modelos é levar em conta a ocasião em que você vai usá-los. Em um casamento, por exemplo, sapatos oxford ou derby são as opções que mais funcionam se você é o noivo ou padrinho. Se for convidado, você pode acrescentar o modelo monk, de tira e fivela, à lista.

Para a vida profissional, a escolha depende muito do que você faz. Se trabalhar em escritórios muito formais, a escolha deve ser pelos modelos mais sociais: oxford, derby ou monk. No entanto, se você trabalha em ambientes mais descontraídos, opções como mocassim, loafer ou até mesmo dockside podem ser levadas em consideração.

Outro uso bastante recomendado é no dia a dia, como parte de composições no estilo esporte fino. Opções sem cadarço e com fivelas ficam bem tanto com calças sociais como com modelos em jeans. Marrom costuma ser uma cor que facilita as combinações.

3. Perceba a influência do bico

A escolha do tipo do bico de sapato acaba sendo apenas uma parte da decisão que fazemos por um determinado design, mas é fato que há algumas coisas para levar em conta neste item.

Bicos quadrados, por exemplo, colaboram para encurtar a silhueta. Os redondos, por sua vez, nunca saem de moda e colaboram para garantir a harmonia do seu visual como um todo. Uma terceira opção é o meio-termo, menos arredondado e mais pontudo, mas com linhas suaves que não comprometem a harmonia do visual.

4. Escolha o material adequado

Couro é praticamente sinônimo de sapato social. Ele é a escolha clássica e infalível para quem não quer correr riscos em hipótese alguma. Além disso, o courino e outros materiais que imitam o couro não se ajustam tão bem ao formato do pé, descascam, vincam e deformam. Portanto, se houver dúvidas, escolher o sapato social masculino é escolher um modelo de couro.

Vale lembrar que esse tipo de sapato já calça bem desde a primeira ocasião. Ou seja, não caia no erro de achar que eles vão ficar muito melhores depois que forem amaciados.

5. Determine o melhor solado

De forma geral, sapato social tem que ter solado de couro, pois os de borracha costumam transmitir informalidade demais ou pecam no acabamento. Portanto, se a ocasião é muito formal, o couro é a única escolha possível. Em outras situações, é possível avaliar possibilidades de solado de borracha, pois novas e interessantes opções desse tipo vêm surgindo a cada ano.

6. Entenda a importância do acabamento

A maneira como o fabricante cuida do acabamento dos sapatos é um indício muito claro da qualidade do produto em geral. A forragem bem-feita, com revestimento resistente, a sola fixada com costura e o capricho na hora de pespontar são referências que você deve levar em conta na hora de analisar o modelo que você quer comprar.

Se o fabricante não teve êxito nesses itens, pode ter certeza que haverá outros problemas de qualidade.

7. Considere o custo-benefício

Como em qualquer compra, é preciso pesquisar um pouco para encontrar um sapato adequado. Entretanto, sempre desconfie muito de ofertas com preços muito baixos. Produtos de qualidade costumam a ter um custo um pouco maior, que é compensado totalmente pela duração e pelos aborrecimentos que você não terá ao optar por eles.

Uma boa alternativa para escolher o sapato social masculino é recorrer ao site da Oscar Calçados. Na nossa seção para homens, temos opções variadas, com bons preços, e na primeira troca, caso seja necessária, não há cobrança de frete. Venha conhecer mais!

Post Relacionado

Deixe seu comentário